João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos


Já cheguei a pensar que as flores poderiam
compreender certas atitudes minhas.
Então muitas vezes fui me confessar com elas.
Que tolice. Que podem as flores compreender?
Elas não sabem de coisa alguma.
Talvez sintam, mas sentir é quase nada.
Eu sinto tudo e não sei absolutamente nada.
Aliás, o sentimento é o principal obstáculo
Para que a gente consiga entender alguma coisa.
 
Eu ontem esmaguei uma flor com os meu pés.
Se ela fosse um animal teria reagido e tentado me morder.
Se fosse uma pessoa me amaldiçoaria e procuraria se vingar.
Mas ela era somente uma flor.
Morreu quieta,calada, inerte e inútil.
Pudera. Era somente uma pobre flor.
Apenas um sumo vermelho, saído das suas pétalas esmagadas, 
- Sangue vertido nesse assassinato impune-
Ficou grudado na sola do meu sapato,
Para dizer que o caminho daqueles que atravessam jardins
Sem olhar para onde pisam,
Foi sempre atapetado por flores conformadas
Que por isso mesmo serão sempre esmagadas.
 
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 15/06/2014
Alterado em 22/06/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras